Logo Posto Hoje

INFORMAÇÃO E SERVIÇOS PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

POSTO HOJE É ENVIADA SEMANALMENTE A DIRIGENTES DE POSTOS DE COMBUSTÍVEIS E LOJAS DE CONVENIÊNCIA

BOLSA DE POSTOS

02/07/2020

 

Goldman prevê fechamento de refinarias em meio à menor demanda

 

A indústria global de refino entra em uma fase de consolidação, pois a desaceleração do crescimento da demanda por petróleo deve coincidir com projetos de grande escala que começarão a entrar em operação no próximo ano, segundo o Goldman Sachs. O impacto na demanda causado pela pandemia de coronavírus ainda provoca atrasos em vários megaprojetos de refino, a maioria deles na China e no Oriente Médio, que iniciarão as operações entre 2021 e 2024, informou o banco em relatório. Com isso, as taxas de utilização global devem ser 3% menores nesse período em relação a 2019. “Esperamos que a concorrência se intensifique, levando a margens de refino abaixo do consenso – e ciclo médio – ao longo de 2021-22 e a possíveis fechamentos de refinarias em mercados desenvolvidos”, disseram analistas como Nikhil Bhandari no relatório. A equipe de análise do Goldman projeta que a demanda global por petróleo voltará aos níveis pré-vírus em 2022. Mercados emergentes devem responder pela maior parte do crescimento do consumo de petróleo na primeira metade desta década, e as novas megarefinarias estarão localizadas perto de onde está a demanda, segundo o Goldman. Isso significa que o fechamento de refinarias será mais provável em países desenvolvidos.

Leia mais em:  https://www.moneytimes.com.br/goldman

 

 

 Etanol será vendido diretamente das usinas para os postos, diz Bolsonaro

 

O presidente Jair Bolsonaro informou hoje (ontem) que o Conselho Nacional de Política Energética estabeleceu diretrizes para que o etanol possa ser vendido das usinas diretamente para os postos de combustíveis. "A venda direta de etanol pode proporcionar maior concorrência no setor e baratear o preço dos combustíveis nas bombas", escreveu em publicação nas redes sociais. O presidente não detalhou quais são as diretrizes. Atualmente, a norma da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estabelece que todo combustível deve passar por empresa distribuidora antes de chegar às bombas dos postos. Em diversas ocasiões, Bolsonaro já defendeu a venda direta como forma de reduzir os preços dos combustíveis. “- O Conselho Nacional de Política Energética estabeleceu diretrizes para que o etanol possa ser vendido das usinas diretamente para os postos de combustíveis.

Leia mais em:  https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/

 

Petrobras reforça política de desinvestimento

 

A Petrobras vem demonstrando que o desinvestimento será uma das armas usadas pela empresa para ajudar na retomada da economia. De acordo com o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, só em junho a corporação pôs seis novos pacotes de ativos à venda. Entre eles, estão campos maduros, termelétricas e blocos de exploração. Além disso, pretende-se avançar na abertura dos setores de refino e gás natural. Apesar da pandemia, Castello Branco garante que os interessados na aquisição dos ativos não recuaram. “Mas pode ser que um ou outro contrato escorregue para 2021”, observou em entrevista ao jornal Valor Econômico. Segundo ele, a intenção é liquidar as operações no ano que vem. “Ficamos felizes com as propostas recebidas. Não há motivo para ficarmos desanimados”. A Petrobras também se comprometeu a reduzir sua presença no gás. A empresa vai sair dos negócios de distribuição e transporte. Dessa forma, a companhia iniciou a venda da Gaspetro e das fatias da Nova Transportadora do Sudeste e Transportadora Associada de Gás.

Leia mais em:  https://revistaoeste.com/petrobras-reforca-

  

Produção de petróleo cai em maio devido aos efeitos da pandemia do Covid-19

 

A ANP está divulgando o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural com dados detalhados referentes a maio de 2020. Neste mês, a produção nacional foi de 3,485 MMboe/d (milhões de barris de óleo equivalente por dia), sendo 2,765 MMbbl/d (milhões de barris por dia) de petróleo e 114 MMm3/d (milhões de m3 por dia) de gás natural. A produção de petróleo reduziu 6,5% se comparada com o mês anterior e aumentou 1,3% na comparação com maio de 2019. Em relação à produção de gás natural, houve redução de 7,8% na comparação com abril e de 3% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. A queda na produção se deve principalmente à parada das FPSOs Mangaratiba e Cidade de Angra dos Reis e à restrição na produção das plataformas P-67, P-74 e P-76. Durante o mês de maio, 34 campos tiveram a suas respectivas produções interrompidas temporariamente devido aos efeitos da pandemia da Covid-19, dos quais 16 marítimos e 18 terrestres, e um total de 60 instalações de produção marítimas permaneceram com produção interrompida. No mês de abril, foram 38 campos e 66 instalações com produção interrompida pelo mesmo motivo. A produção no Pré-sal em maio foi de 2,363 MMboe/d, o que corresponde a 67,8% do total nacional. Foram produzidos 1,875 MMbbl/d de petróleo e 77,57 MMm3/d de gás natural por meio de 115 poços. Houve redução de 9% em relação ao mês anterior e aumento de 12,2% em relação a maio de 2019. Fonte: Imprensa Petrobras.

 

 

Decreto vai prorrogar corte salarial e suspensão de contratos

 

Um decreto presidencial vai prorrogar por mais dois meses o programa que prevê a suspensão do contrato de trabalho e por um mês a redução de salários e de jornada, tendo, como contrapartida, o compromisso dos empresários de manter os empregos durante esse prazo. Até o momento, o programa permite a suspensão do contrato de trabalho por até dois meses e a redução de jornada por até três meses.  O anúncio da prorrogação foi feito pelo secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco. Ele especificou que o Benefício emergencial (BEM), iniciativa do governo para combater os efeitos econômicos da pandemia causada pelo coronavírus, foi responsável por 11,698 milhões de acordos trabalhistas, que beneficiaram 1,348 milhão de empregadores. Metade desses acordos foi de suspensão do contrato de trabalho e metade, de redução de jornada e de salário de trabalhadores. Segundo o secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcolmo, foram contempladas empresas de diferentes portes.

Leia mais em:  https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/.

 

 

ALTA RODA  Nº 1.104

Fernando Calmon

 

Fernando Calmon é engenheiro e jornalista especializado no setor automobilístico desde 1967, quando produziu e apresentou o programa 'Grand Prix' na TV Tupi, no ar até 1980. Dirigiu a revista AutoEsporte por 12 anos e foi editor de automóveis das revistas O Cruzeiro e Manchete. Entre 1985 e 1994, produziu e apresentou o programa 'Primeira Fila' em cinco redes de TV. A coluna Alta Roda, criada em 1999, é publicada semanalmente na internet. Calmon também atua como consultor em assuntos técnicos e de mercado na área automobilística, e como correspondente para o Mercosul do site inglês just-auto. www.fernandocalmon.com.br.

 

Strada será líder

cada vez mais

 

Picapes são veículos comerciais e, assim, costumam mudar pouco. A Fiat lidera há 20 anos o segmento e chegou a hora de evoluir inclusive em razão da legislação de segurança. E o fez com grande competência na segunda geração da Strada. Não É a primeira compacta com cabine dupla, quatro portas e cinco ocupantes (Duster Oroch é de 2015). No entanto, criou um veículo novo de para-choque a para-choque e pretende ampliar o seu uso em lazer de 5% para 25% das vendas.

 

Inspiração estilística na picape média Toro deu bom resultado. Dimensões principais tiveram poucas alterações. O espaço interno aumentou, em especial no banco traseiro, adequado para dois adultos e uma criança. As portas traseiras abrem-se num ótimo ângulo de 80°. Houve ganho no volume da caçamba (não tanto na cabine dupla) agora com tampa bem leve de manusear. O peso em ordem de marcha não aumentou e a carga útil subiu 20 kg.

 

Descrição: https://1.bp.blogspot.com/-inB33UaTCOU/Xozm9W-7REI/AAAAAAAAcMo/bYSP8pfv-sg7h1VW39ByweVwGZ5wKGrqgCLcBGAsYHQ/s1600/Nova-Fiat-Strada-2021%2B%25288%2529.jpeg

 

A nova Strada ganhou em ângulo de entrada e distância livre ao solo, o que faz diferença no uso para trabalho. Ergonomia melhorou e recebeu elementos do Uno e Mobi. Central multimídia de 7 pol. é a primeira que permite conexão sem fio com qualquer tipo de celular (iOS ou Android). Além do obrigatório controle de estabilidade há quatro airbags de série. Grande evolução na dirigibilidade e no desempenho graças à direção eletroassistida apenas quando utiliza o motor Firefly de 1,3 L e 109 cv (etanol). São 21 cv a mais que o veterano de 1,4 L, ainda oferecido nas versões de entrada com direção hidráulica.

 

Preços começam em R$ 63.590 para a cabine Plus (estendida) e vão a R$ 79.900, cabine dupla, que inclui faróis de LED. Para a Strada faltam apenas sete anos para se igualar ao Gol, modelo que permaneceu líder por mais tempo.

 

Nivus inflama segmento

dos SUVS compactos

 

Um dos lançamentos mais aguardados do ano foi muito bem planejado. A VW o dividiu em várias etapas até a revelação do preço na semana passada. O Nivus traz apenas duas versões: Comfortline, R$ 85.890 e Highline, R$ 98.290. As três primeiras revisões (R$ 1.600) são grátis. Só há um pacote de opcionais para a Comfortline por R$ 3.520 (central multimídia VW Play, controle de velocidade adaptativo (ACC, em inglês), frenagem autônoma de emergência (AEB, em inglês) e volante em couro).

 

Primeiro SUV cupê compacto projetado no Brasil, o estilo é um dos pontos altos, inclusive bem diferente do seu irmão de segmento o T-Cross, a começar pelo número de janelas laterais: três contra duas. O T-Cross já andou disputando em alguns meses a liderança com o Renegade, líder ao longo de 2019.

 

Descrição: https://cdn.motor1.com/images/mgl/zWwVb/s3/volkswagen-nivus-2021.jpg

 

O Nivus é um produto até certo ponto sofisticado. Pode ser guiado com alguma esportividade mesmo com o vão livre do solo aumentado em quase 3 cm em relação ao Polo que usa a mesma arquitetura. A posição ao volante não é tão alta como a do T-Cross e outros 13 concorrentes. Oferece porta-malas de 415 litros, volume próximo aos do HR-V, Kicks e Creta.

 

Com o motor turbo de 1 L e 128 cv (etanol), câmbio automático de 6 marchas e aceleração de 0 a 100 km/h em 10 s perde para o Tracker que tem 1,2 L e 133 cv. A VW, no entanto, deixará reservado o motor de 1,4 L e 150 cv para o T-Cross, o que faz todo sentido. Embora não seja o modelo de menor consumo, o tanque de 52 litros permite autonomia, pelo ciclo de aferição Inmetro, de 556 km (urbano) e 686 km (rodoviário) com gasolina.

 

A central multimídia VW Play é uma das melhores do mercado pelo tamanho (10,1 pol.), qualidade da tela e aplicativos incluídos. Conexão sem fio só para Apple CarPlay, mas Android Auto exige cabo.

 

O Nivus deve tirar mercado do T-Cross, mas a soma dos dois produtos talvez leve a VW a liderar o segmento.

 

Estilo e porta-malas

destacam-se no Arrizo 6

 

Um sedã de silhueta no estilo fastback, coeficiente aerodinâmico (Cx) de 0,28 e maior porta-malas do segmento (570 litros). Assim é o Arrizo 6, da Caoa Chery, em versão única e completa por preço competitivo de R$ 108.750. À exceção do comprimento maior (4,67 m) e altura (irrisórios 6 mm de diferença), distância entre-eixos, largura, conjunto de motor (1,5 L turboflex de 150 cv, sem injeção direta) e câmbio CVT de 9 marchas são os mesmos do Arrizo 5, porém o novo modelo tem estilo bem atraente. Entre os concorrentes estão Corolla, Civic, Cruze e Jetta.

 

 

Destacam-se saídas de ar-condicionado horizontais bem largas e estreitas com comando eletrônico duplo, incluindo também o banco traseiro. Há duas portas USB dianteiras, uma traseira e tomada de 12 V. Sistema multimídia de 9 pol. tem conexão direta com Apple CarPlay, mas Android Auto exige programa de espelhamento. Câmeras com visão de 360° e indicador de fadiga são de série.

 

Manteve o freio de estacionamento elétrico e função de autoacionamento bastante útil no dia a dia. A coluna de direção tem regulagem de altura, mas não de distância. Diferença de peso de apenas 8 kg em relação ao Arrizo 5 garante o mesmo bom desempenho: aceleração de 0 a 100 km/h em 9,98 s, de acordo com a fabricante.

 

 

 

 


Ex

 

 



REDE POSTOS COMBUSTÍVEIS SÃO PAULO
Código AA4220

Operam Capital e Interior - 67 - Operam Rio de Janeiro - 03

Bandeiras - Shell - Ipiranga - Petrobrás

70 Postos - 14 Imóveis Próprios

Postos c/Serviços Completos - Lavagens - Lojas Conveniência - Venda Lubrificantes - Etc.

Funcionários - 1.200

Faturamento 2017 - R$1,2 Bilhão

Volume Venda 1° Trimestre 2018 - 76 Milhões Litros

Passivo - Baixo - Desconta no Preço Final

Preço - R$3 Bilhões

 

REDE POSTOS COMBUSTÍVEIS
Código AA4215

Atua Nordeste - Marca Tradicional

230 Postos - 110 Bandeira Branca

90 Postos Bandeira da Marca

30 Postos Próprios Urbanos

Postos c/Lojas Conveniência - Pneus

Lanchonetes - Laboratório - Farmácia - Etc.

Bases Distribuidoras Próprias

Frota Própria

Clientes - 7 Mil

Faturamento 2016 - R$2,1 Bi

Preço - R$1,2 Bi

 

EMPRESA EXTRAÇÃO PETRÓLEO C/FAZENDA
Código AA4214

Localizada em Linhares/ES

Área c/50 Poços em Produção

Projeto para + 20 Poços

Parceria c/Petrobrás

Renda Mensal Atual - R$120 Mil

Venda c/Fazenda - 3.117 Ha - Incluída

Benfeitorias de Luxo - Formada - GEO - CAR

Trifásica - Plana - Capacidade p/5 Mil Reses

Tratores - Implementos - Heliporto - Pátio Confinamento

Gado - 2.600 Reses - Tropa - Equinos/Muares

Passivo - R$50 Milhões

Preço - R$100 Milhões

 

POSTO COMBUSTÍVEL CURVELO/MG   Código AA4224

Localizado BR 135

Área Terreno - 110 Mil m² - Área Construída - 6 Mil m²

Área Pátio - 12 Mil m² - Área Coberta p/Abastecer - 900 m²

Infraestrutura Completa - Restaurante - Lanchonete - Troca de Óleo

Ducha - Loja de Conveniência - Oficina - Borracharia - Casa de Peças

Banheiros p/Banho - Salas Disponíveis p/Alugar

02 Bombas Sêxtuplas - 04 Bombas Duplas - 01 Bomba Simples -

Arla a Granel 4.000 lts. - 02 Tanques 30.000 Pleno - 02 Tanques de 30.000 Bipartido

Todos Equipamentos Próprios - Monitoramento de Tanques Medliq.

Monitoramento de Câmeras - Sistema Operacional LBC - Identfid. nas Bombas

Poço Artesiano - Usina Fotovoltaica em Processo de Instalação

Contrato c/a Shell de 60 Meses - Início Outubro de 2014 -

42.000.000 lts. - Falta Cumprir 12.000.000 lts.

Galonagem Atual - 440.000 lts.

Dc e S-10 = 350.000 lts./Gás. - V-Power e Etanol 90.000 lts.

Galonagem Histórica Normal p/o Posto - 700.000 lts.

Preço - R$12 Milhões

 

POSTOS COMBUSTÍVEIS/RESTAURANTES MG
Código AA4219

Localizado BR 040 - Região Central MG - Atua há 13 Anos

130 km Belo Hte. - 130 km Juiz de Fora

Posto 01 - Área Terreno - 92.300 m² - Veículos Passeio

Capacidade Armazenamento - 30.000 Litros

Posto 02 - Área Terreno - 230.000 m² - Veículos Carga

Capacidade Armazenamento - 90.000 Litros

Frente p/BR 040 - 520 m

Posto 01 - Composto de Restaurante - Cozinha Industrial - Lojão c/Armarinho

Postos Combustíveis - Lavador - Borracharia - Etc.

Área c/Lago - Pesque Pague - Animais Exóticos - Curral p/Bovinos/Equinos

Faturamento Restaurante 2015/16/17 - R$2.800.000,00/Ano

Faturamento Combustíveis 2015/16/17 - Média R$4 Milhões/Ano

Posto 02 - Composto de Restaurante - Borracharia - Salão TV - Descanso

Salão Conferência - Banheiros Grandes - Área Lazer - Auditório

03 Níveis Estacionamento p/Caminhões - Oficina - Lavador

Posto Combustíveis - Área 237.000 m²

Preço - R$10 Milhões

 

 

POSTO COMBUSTÍVEL/RESTAURANTE URBANO ESTRADA
Código AA4222

Localizada Cidade Região Vertentes

Em Torno Movimento - 400 Mil Pessoas

Posto em Atividade Distribuidora Petrobras

Área Total - 16.000 m²

Total de Armazenagem - 75 Mil Litros

Capacidade de Venda - 500 Mil Litros/Mês

Venda Atual de 260 Mil/Litros Mês

Cobertura c/4 Bombas de Diesel

2 Filtros Novos

Cobertura com 2 Bombas de Gasolina e Etanol

1 Tanque de Gasolina - Capacidade 20 Mil Litros

1 Tanque Bipartido - Capacidade 20 Mil Litros

10 Mil de Gasolina Grid e 10 Mil Litros de Etanol

1 Prédio c/3 Escritórios - 1 Depósito - 6 Salas de Aluguel

1 Borracharia - Banheiros - 1 Pátio c/6.000 m²

1 Lagoa c/Mata Preservada - 1 Poço Semi-Artesiano c/Outorga de uso

Aluguel - Salas R$1.000,00 e Borracharia R$2.500,00

Relatório Restaurante:

Área Construída Aproximada à 1.200 mt

Área Externa p/Recreação de + ou - 1.000

Área de Artesanato - Lanchonete - Salão de Festas - Banheiros

Aluguel - R$10.000,00

Passivo - Zero - Todas as Licenças em Dia

Preço - R$6 Milhões

 

POSTO RESTAURANTE/ HOTEL TABULEIRO/MG
Código AA4223

Área Infraestrutura - 35 Mil m²

Hotel - Restaurante - Área Lazer - Lagoa

Capacidade Atendimento - 45 Mil Litros

Galonagem - 190 Mil Litros

Preço - R$6 Milhões

 

PARA MAIS INFORMAÇÕES CLIQUE AQUI.